17 de out de 2009

Choques culturais

Há cerca de trezentos anos, o czar Pedro, da Rússia, visitou o Ocidente, e ao dançar com algumas das mulheres numa das cortes visitadas, comentou: "Essas mulheres têm os ossos mais duros que já vi!" - tinha segurado as damas pelo espartilho, confundindo a armação com o corpo das senhoras. Mas isso foi há trezentos anos, e sem nenhuma conotação além do espanto - e só mostra o choque cultural entre a Rússia ainda semifeudal e a Europa em pleno desenvovimento.
Agora, alguns fundamentalistas somalis resolveram chicotear mulheres por usar sutiã. Até aí, dado o histórico de loucuras desses fundamentalistas, entendível - quem já chicoteia mulheres em outras paragens por mostrar os cabelos ou qualquer outra parte do corpo que não os olhos é capaz de qualquer coisa. Mas o motivo é que eles estão se sentindo enganados! Podem ver uma mulher com os seios empinados e, depois, descobrem que estava usando um sutiã para levantá-los... um código de direito do consumidor completamente torto e ridículo. Imaginem esses botocudos soltos numa cidade ocidental, com todos os apetrechos disponíveis de embelezamento - perigoso saírem fuzilando todo mundo por aí.
Mas na verdade não entendi: será que eles estão se sentindo enganados por uma falsa libido? Não entendo esses fundamentalistas religiosos, pois não deveria ser pecado ficar olhando pras mulheres?! Ou eles estão com medo de casarem sob falso pretexto - mas nesse caso uma tara por seios não é um tipo de desvio de desejos da carne? Ou é a institucionalização da mulher objeto com vigilância do PROCON?
A reportagem, na Folha de hoje:

Grupo aplica chicotadas em mulheres de sutiã na Somália
DA REUTERS

Mulheres somalis que usam sutiã estão sendo chicoteadas em público pelo grupo radical islâmico Al Shabaab, acusadas de violar as leis do islã ao enganar outras pessoas, segundo relataram ontem moradores da capital do país, Mogadício.
As testemunhas contaram que homens armados cercam qualquer mulher que aparente ter um busto firme. Após ser chicoteada, ela ainda é obrigada a retirar o sutiã.


[reportagem completa para assinantes em http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mundo/ft1710200913.htm]

Nenhum comentário: