5 de jun de 2009

Se um viajante numa noite de inverno

O título mais bonito já publicado! Se um viajante numa noite de inverno - sem pontuação, sem nada; Se um viajante numa noite de inverno, em itálico, já parece esconder subentendidos; Se um viajante numa noite de inverno... as reticências dão um ar de conto, de começo de história. Lindo. Quando comecei a ler o Ítalo Calvino, esse título apareceu na bibliografia dele e eu fiquei parado, olhando, admirado, degustando a sonoridade. Fiquei um tempão sem ler e sem querer ler o livro: tinha medo de não gostar do livro e estragar o título. Li e não é lá essas coisas, interessante, mas longe do melhor do Calvino. Mas o título é magnífico.

Um comentário:

Hein? disse...

Maquissuel di Saliiinas!
Quanto tempo!
As cidades invisíveis são insuperáveis...
bjo
Mariana (ex Álvaro, atual Léo de Patos - adoro seus amigos!)