18 de out de 2008

Molière

Uma das figuras seminais da literatura francesa, não pela técnica dramática ou excelência poética: seus enredos são copiados, seus personagens quase caricatos, mas a filosofia em suas peças, seu humor e sua sátira feroz faz com que todo francês alfabetizado o leia. Uma filosofia racionalista que poderia ser endossada por Voltaire - uma filosofia moral pagã, que legitimava o prazer e não tinha noção do pecado. A França o reverencia como a Inglaterra reverencia Shakespeare; mas ele é só uma parte do bardo inglês, sendo Racine e Montaigne as outras partes que comporiam a mesma estatura de Jaquespère para os gauleses. Sua obra é uma guerra constante contra o pedantismo, o fanatismo, a superstição e a impostura. O documentário não está a altura do personagem - mas é um começo.



Mais fontes em:
http://www.site-moliere.com/

Molière: sa vie:

Jean-Baptiste Poquelin fut acteur, dramaturge, metteur en scène, directeur de troupe, tout à la fois. De plus, il tient sa place dans le panthéon des plus grands écrivains français, non seulement à cause de la façon dont il maniait ses vers, mais parce qu’il fait rire. C’est avant tout un auteur comique, et son œuvre emprunte toute méthode concevable pour exulter ses spectateurs.
Sa vie, d’ailleurs, fut une série de tourbillons. Sans cesse atteint de maladies, Molière connut de grands succès aussi bien que l’échec total. Il était à la fois adoré par ses amis et détesté par un grand nombre d’ennemis. D’une part on le comblait de louanges, de l’autre on l’accablait de
calomnies.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Moliere (fraquim)

Segunda parte:



Todas as suas peças estão disponíveis on line.
Para download em inglês:
http://www.gutenberg.org/browse/authors/m#a791
Para download em francês (somente algumas peças):
http://www.gutenberg.org/browse/languages/fr
Para ler on line (em francês) - completo:
http://www.site-moliere.com/pieces/

Nenhum comentário: