3 de dez de 2008

Les Amants

Les Amants é um filme da Jeanne Moreau que não consigo em português de forma nenhuma - o filme, de 1958, passou por aqui nos cinemas nos idos de 1960, mas não saiu em VHS ou DVD, pelo que eu saiba. Consegui a versão original e estou legendando - vai demorar horrores, que "francês em voz alta" definitivamente não é o meu forte. Mas compensa - afinal, é Jeanne Moreau! E além disso, tem esse trecho, uma cena sutil de uma carga erótica fantástica - o rosto de Jeanne Moreau, aqueles olhos de ressaca (não a ressaca de mar, como a nossa Capitu, ressaca mesmo), olhos de mistérios e profundidades, uma boca de deusa grega, vai entrando em êxtase enquanto seu amante desce pelo seu corpo até sumir da tela, deixando a mão crispada no final como uma explosão minimalista de prazer e... desculpa, babei.
A cena:


Luiz Carlos Merten:
"Em 1958, ela fez Ascensor para o Cadafalso, de Louis Malle, e o filme é considerado um dos marcos da revolução da nouvelle vague, o movimento de renovação do cinema francês que, como uma onda, terminou por atingir as praias cinematográficas de todo o mundo. No mesmo ano, Jeanne e Malle filmaram Os Amantes e a famosa cena de sexo oral - o rosto dela em êxtase, enquanto o amante vai descendo por seu corpo até desaparecer da imagem - provocou escândalo na época."
Ruy Castro:
"Para o público, seu personagem era ela mesma: a mulher inteligente, madura e independente. Mas os diretores sabiam que aquela era apenas uma de suas facetas como atriz e que Jeanne era capaz de fazer qualquer papel. E os íntimos garantem que, na vida real, ela sabia também miar, se necessário.
Jeanne Moreau completa hoje 80 anos (*23/01/08), lúcida, firme e na ativa. Como Humphrey Bogart para as mulheres, ela ensinou aos homens que a beleza feminina mais duradoura podia estar nas imperfeições."

Um comentário:

Analu disse...

Olá, sempre navego pelos blogs e nunca fiz um comentário. Eis a 1ª vez.
Lindo demais, perfeito demais!!!

Parabéns