10 de abr de 2008

Gibbon

History is indeed little more than the register of the crimes, follies and misfortunes of mankind - a história nada mais é do que o relato dos crimes, imbecilidades e loucuras da humanidade. Gibbon escreve isso no seu Declínio e Queda do Império Romano ao comentar sobre o período de Antonino Pio, ao dizer que há poucos registros desse período devido à paz e tranquilidade reinantes... é o meu período predileto da história romana (depois de Augusto, claro), quando, de Nerva a Marco Aurélio, os imperadores coordenaram um império transnacional com um nível de integração sócio-econômica que, com as devidas relativizações, ainda não foi igualado. O livro pode ser baixado no Gutenberg, e a versão em áudio está em http://www.oculture.com/2006/10/audio_book_podc.html.

Nenhum comentário: